Click here to view all the Actelion Affiliates
PAH Info homepage
Eu sou um doente   I am a patient - click here
   Pagina Inicial           Links           Mapa do Site           Contactos   
 
 
Healthcare professional section
Registering for Updates
Scleroderma
Resources Available

Como é classificada a gravidade da Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP)?

Após ter sido diagnosticada, a Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP) é geralmente classificada de acordo com um sistema de classe funcional inicialmente desenvolvido pela New York Heart Association (NYHA) para a Insuficiência Cardíaca Crónica e depois adaptado para a Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP) pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Esta classe funcional mede a gravidade da Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP) e reflecte o impacto na vida do doente, em termos de actividade física e sintomas. Há quatro classes, sendo a classe I a menos grave e a classe IV a mais avançada (Tabela ).1

Tabela 1. Classificação NYHA/OMS do Estado Funcional dos doentes com Hipertensão Pulmonar1

Classe Perfil de sintomatologia
Classe I Doentes com hipertensão pulmonar mas sem limitação da actividade física resultante. A actividade física normal não causa dispneia ou fadiga, dor torácica ou quase síncope.
Classe II Doentes com hipertensão pulmonar resultando numa limitação ligeira da actividade física. Estão confortáveis em repouso. A actividade física normal causa dispneia ou fadiga, dor torácica ou quase síncope.
Classe III Doentes com hipertensão pulmonar resultando em limitação acentuada da actividade física. Estão confortáveis em repouso. Menos actividade do que a actividade normal causa dispneia ou fadiga, dor torácica ou quase síncope.
Classe IV Doentes com hipertensão pulmonar com incapacidade de realizar qualquer actividade física sem sintomas. Estes doentes manifestam sinais de falência cardíaca direita. A dispneia e/ou fadiga podem estar presentes mesmo em repouso. O desconforto é aumentado por qualquer actividade física.

Referência:
1. Barst RJ, McGoon M, Torbicki A et al.  Diagnosis and differential assessment of pulmonary arterial hypertension. J Am Coll Cardiol 2004;43 (Suppl S) :40S-47S.
Informação adicional

Versão número: 1.01: Última actualização: 20-Set-06